Como Ativar o Firewall do Mac OS X

Firewall é um termo que foi emprestado da engenharia civil, traduzido como “parede corta-fogo”. A parede corta-fogo é um tipo de parede especialmente construída com a finalidade de resistir às altas temperaturas e impedir o avanço do fogo em caso de incêndio. A parede corta-fogo cria barreiras e áreas da construção seguras ou pouco afetadas pelo fogo. As paredes de uma escada de emergência, por exemplo, são construídas dessa forma para permitir que as pessoas deixem o prédio em segurança.

O pessoal de informática pegou esse termo emprestado para dar nome aos equipamentos (hardware) e programas (software) que criam barreiras de segurança em um computador ou em uma rede de computadores. Um firewall previne que alguém acesse um computador ou uma rede sem ser autorizado. Assim como a parede corta-fogo, o firewall na informática cria barreiras em computadores ou redes para impedir o acesso de estranhos, muitas vezes mal-intencionados – e assim evitar que o “fogo” se espalhe!

Como o firewall pode ajudar na segurança?

Imagine uma casa que possui várias portas: porta da frente, dos fundos e garagem. Você quer que as pessoas de casa possam entrar e sair mas não quer que estranhos entrem, por isso as portas possuem trancas com chaves e damos as chaves somente para quem a gente confia. Um firewall funciona como um segurança que colocamos em cada porta de acesso ao computador para permitir que apenas os programas autorizados se comuniquem.

O firewall do Mac OS X é um tipo de firewall conhecido como firewall pessoal. Um firewall pessoal previne que conexões indevidas sejam feitas no seu computador por outro computador da rede, como a Internet. Mas o que isso quer dizer? Quando um programa quer se comunicar, por exemplo o Safari consultando uma página na Web, ele cria uma conexão com um servidor onde a página está hospedada. O servidor entende que essa conexão é um pedido para ele realizar alguma coisa: enviar a página de volta para o Safari. E sempre funciona assim, quem cria uma conexão está pedindo alguma coisa, quem recebe uma conexão faz alguma coisa.

O firewall pessoal entra no meio dessa conversa entre computadores, permitindo que os programas dentro do seu Mac criem as conexões, pedindo por exemplo uma página da Web, mas não deixa que estranhos façam pedidos para o seu computador. Afinal, um desses pedidos pode ser para instalar algum código-malicioso para roubar senhas, ou para seu computador enviar dados financeiros!

Passo-a-passo

Ativar o firewall no Mac OS X é muito simples e fácil, basta seguir as instruções abaixo:

  1. Em “Preferências do Sistema”, clique no ícone “Segurança”. Selecione então a aba “Firewall”. Você deverá ver as opções de firewall como a tela abaixo:
  2. Firewall desligado
    Firewall desligado
  3. Se o cadeado estiver travado, clique no cadeado para para permitir alteração na configuração. Talvez você precise digitar sua senha, ou se você é um usuário consciente, precisará digitar as credenciais de um usuário do tipo Administrador.
  4. Clicar em “Iniciar” é tudo que você precisa para ativar o firewall. Após clicar em “Iniciar”, sua configuração de segurança ficará assim:
Firewall ativado
Firewall ativado

Pronto, em três simples passos você ativou o firewall e aumentou a segurança de seu Mac!

Controlando quem pode receber conexões

Agora que seu firewall está ativado, você pode se deparar com a seguinte questão quando executar algum programa:

Aceitar conexões de entrada
Aceitar conexões de entrada

O firewall do Mac OS X detectou um aplicativo que quer aceitar conexões de rede. Isso significa que o programa vai receber conexões de outros computadores e trocar informações. Se a empresa responsável pelo aplicativo é conhecida e confiável, você pode clicar em “Permitir”. Se você clicar em “Negar”, pode ser que alguma funcionalidade do programa deixe de funcionar, mas se você não usa essa funcionalidade ou nunca deu falta, é porque não precisa e então é melhor mesmo deixá-la bloqueada pelo firewall.

Alguns programas como o Skype não vão funcionar mesmo se você negar que ele aceite conexões de rede, então é melhor permitir. Atualmente só tenho o Skype permitido e todo o resto funciona bem.

Conclusão

O firewall pessoal do Mac OS X foi projetado para deixar do lado de fora de nosso computador os estranhos que querem estabelecer conexões com nosso Mac. Quem cria uma conexão está pedindo alguma coisa e quem recebe a conexão sempre faz alguma coisa. Como não queremos que algum estranho fique pedindo coisas ao nosso computador (e obtendo informações), podemos usar o firewall do Mac para assumir o controle da comunicação dos nosso aplicativos.

Em um futuro post vou detalhar melhor as opções avançadas do firewall. Até breve!

Garanta mais proteção para seu Mac!

Veja também:

Uma resposta para “Como Ativar o Firewall do Mac OS X”

Deixe uma resposta